Boa noite, seja bem vindo!
Notícia - Cidwan

Você sabe o que é uma patente?

05 SET 2018

O que você sabe sobre patentes? Já parou para pensar qual o seu significado? É comum ouvirmos por aí alguém dizer "que sua marca está patenteada, ou que tem a patente de sua marca", a confusão dos termos acontece com frequência e saber a diferença entre as duas opções é importante na hora de garantir a segurança da sua ideia. Sabendo disso, falaremos um pouco mais no texto abaixo sobre as patentes e o que elas representam para o seu negócio.


Afinal o que é uma patente?

Segundo a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), uma patente é “um direito exclusivo que se concede sobre uma invenção", utilizado para identificar um título de propriedade sobre uma invenção ou modelo de utilidade e, portanto, não tem nada a ver com MARCA. De modo geral, é autorizada quando seu titular decide se sua criação poderá ser utilizada por terceiros e nesse caso, como será feito. Em contrapartida, em seu documento de publicação deve constar e deixado à disposição do público pelo o titular, a informação técnica relativa à invenção.

Alguns produtos ou processos podem ser patenteados, e até mesmo processos de inovação se enquadram na categoria. Atualmente no Brasil existem dois tipos de patentes:

Patente de Modelo de Utilidade: É patenteável como modelo de utilidade o objeto de uso prático, ou parte deste, suscetível de aplicação industrial, que apresente nova forma ou disposição com ato inventivo e que resulte em melhoria funcional para o seu uso ou fabricação. E seu registro é valido por 15 anos.

Patentes de Invenções: Aquelas que consistem em objetos até então inexistentes e que atenda aos requisitos de novidade, atividade inventiva e aplicação industrial. Seu registro tem validade de 20 anos.

Agora que você já conhece a diferença entre marcas e patentes e entende um pouco melhor sobre elas. Chegou a hora de conhecer o passo a passo de como patentear a sua ideia! Para que a invenção seja patenteada, é necessário que reúna 3 requisitos fundamentais:

1. Novidade: A matéria objeto da invenção precisa ser nova ou seja, não pode ter sido revelada previamente, seja por via oral, escrita ou seu uso; logo não pode pertencer ao estado da técnica

2. Atividade Inventiva: Não pode ser óbvia para um técnico no assunto, ou seja, não pode ser resultante de uma mera combinação de fatores, sem que haja um efeito técnico novo e inesperado, nem uma simples substituição de meios ou materiais conhecidos.

3. Aplicação Industrial: A invenção deve ter aplicação industrial, portanto passível de ser produzida de forma seriada e por meio de qualquer processo produtivo existente, atendendo assim algum ramo da indústria.


Por que devo adquirir uma patente?

A primeira vantagem ao se adquirir uma patente, está ligada a exclusividade de exploração temporária que ela garante para o seu negócio. Além da possibilidade de impedir que terceiros o façam. Entenda:

"Ao obter uma patente, o inventor irá garantir a exclusividade na exploração de um produto. Dessa forma, o inventor que possuir uma patente terá direito de utilizá-la da forma que lhe for mais conveniente, possuindo então vantagem no mercado, além da possibilidades de ter um grande retorno financeiro ao comercializar este ativo"

Em outras palavras o registro de uma patente garante ao seu negócio exclusividade agregando valor a sua marca, proteção do negócio e economia. Sua ideia só é válida quando registrada! Deseja patentear um produto, serviço ou inovação? A Cidwan é especialista no assunto e oferece diversos serviços para registros de marcas e patentes, garantindo a segurança do seu negócio. Fale com a gente. Ligue agora mesmo: 3291-7400 ou Whatsapp 98845-0529

Fonte: https://www.fgmarcas.com.br/patente/

WhatsApp Cidwan